Depois dos elevados números de casos ao longo dos últimos dias, já se confirmava que novas medidas mais apertadas seriam necessárias face à situação pandémica que o país enfrenta actualmente. Um confinamento geral, semelhante ao que experienciámos em março já tinha sido ponderado. A certeza face ao mesmo chegou na semana passada após a conferência de imprensa do concelho de ministros.

O confinamento que entrou em vigor à 00h00 de dia 15 de Janeiro, terá uma primeira fase de duração de 15 dias, podendo ser prolongado até um mês.

Neste artigo iremos partilhar as todas as regras do novo confinamento, bem como o impacto que estas terão no seu negócio e ainda alternativas e recursos para sobreviver a este período complicado para todas as empresas.

Quais são então as medidas deste novo confinamento?

• Todos os cidadãos deverão regressar ao dever de recolhimento domiciliário com restrições à circulação na via pública. Esta circulação só será permitida para a prossecução de tarefas e funções essenciais;

• As medidas obrigatórias são semelhantes às que foram anunciadas em Março de 2020 com excepção das escolas. Determina-se portanto o encerramento de certos tipos de instalações e estabelecimentos (cabeleiros, barbearias, centros de estética e beleza incluídos), bem como a suspensão das atividades de comércio a retalho, com exceção daquelas que disponibilizem bens de primeira necessidade ou outros bens considerados essenciais na presente conjuntura;

• Proibida a circulação entre concelhos aos fins-de-semana com exigência de emissão e apresentação de declaração da entidade empregadora para quem circula na via pública por motivos de trabalho;

• Limitação dos horários de funcionamento das lojas até às 20h00 em dias úteis e até às 13h00 aos fins-de-semana. Os estabelecimentos de retalho alimentar só podem funcionar até às 17h00 nos fins-de-semana;

• Proibição do funcionamento de restaurantes em centros comerciais, mesmo em regime de take-away, bem como ajuntamentos e consumo de bens alimentares nas imediações de restaurantes e cafés;

• A par destas medidas, o Governo determinou ainda o aumento da fiscalização por parte das forças de segurança.

Qual o impacto destas medidas para o seu negócio?

À semelhança do que aconteceu em Março, todos os estabelecimentos comerciais estarão encerrados durante este período. Será um período repleto de desafios para muitas empresas, mas continuamos a acreditar que uma boa gestão poderá facilitar em muito a reabertura (ainda por anunciar). Desta forma será possível rever algum do prejuízo acumulado, porque as pessoas irão sempre continuar a necessitar de cuidados de saúde, beleza e estética.

A nível de medidas para o futuro acreditamos que o objetivo será o mesmo: continuar a evitar concentrações de pessoas, prestando serviços apenas por marcação prévia.

E agora, o que fazer? Alternativas e recursos:

Todas as actividades encerradas terão acesso e direito ao regime de Lay-off.

5 coisas que pode fazer durante o confinamento para manter o seu negócio a funcionar
Já passou quase um ano e continuamos na incerteza face a uma pandemia que ameaça não apenas a saúde pública, mas também milhares de negócios que voltaram a fechar as suas portas ao público.

Sabemos o impacto directo que estas medidas terão em todos os negócios e como tal decidimos, à semelhança do que aconteceu em março do ano passado, suspender o pagamento da mensalidade do BUK, relativa ao período de confinamento obrigatório, para todo os nossos clientes (com plano PRO activo).

Durante este período continuaremos deste lado para ajudar com tudo o que for necessário. Procuraremos partilhar informações úteis para que os profissionais possam preparar tudo para um regresso em grande e com a agenda repleta de marcações.

Se não é nosso cliente, e desejar aproveitar este momento de reflexão para trocar a sua agenda de papel por uma agenda com marcações online, pode registar-se em www.buk.pt sem compromisso e basta contactar-nos ([email protected]) para activar o plano PRO sem qualquer custo adicional durante o confinamento. Desta forma poderá importar todos os seus contactos e testar a agenda sem qualquer compromisso durante este período. Poderá através da plataforma, contactar os seus clientes por SMS e Email, com actualizações do seu negócio, e poderá inclusive começar logo a aceitar marcações para as datas de reabertura.

Faremos o nosso melhor para o manter actualizado no nosso blogue: blog.buk.pt

Obrigado por continuar desse lado, seguimos juntos 🌈